segunda-feira, 2 de maio de 2016

Na tribuna: No Dia do Trabalhador, o pacote é de ilusão

Ontem celebramos o 1º de Maio, Dia do Trabalhador, sem deixar de ter em mente a realidade de desemprego que assombra o nosso país. Segundo dados do Caged e do Ministério do Trabalho, ultrapassamos a marca dos 11 milhões desempregados no primeiro trimestre do ano. Como se não bastasse, vimos a presidente Dilma anunciar medidas que há seis anos esperávamos, mas que agora não resolvem nada, como a correção de 5% na tabela do Imposto de Renda, que está defasada em mais de 70%. Uma medida meramente ilusória, já que isenta o trabalhador que recebe hoje R$ 1800, mas volta a taxá-lo assim que receber o reajuste da inflação no ano que vem. 

O que o movimento sindical quer é coragem para taxar as grandes fortunas e cobrar daqueles que devem pagar, não quem ganha salários de R$ 2 mil ou mesmo R$ 4 mil reais, que hoje são corroídos com a inflação. Queremos atitudes concretas em defesa dos trabalhadores, como o fim do Fator Previdenciário, incentivo para a indústria nacional e taxação das empresas estrangeiras - nada do que foi anunciado ontem. Ganhamos nada além de um pacote de ilusão no Dia do Trabalhador.

Por essas e outras, ontem conseguimos barrar na justiça, através de ação movida pelo Solidariedade, o gasto de R$ 100 milhões do governo com publicidade. Freamos mais um absurdo e seguiremos atentos e vigilantes, para que esse dinheiro seja usado para o bem dos trabalhadores.



domingo, 1 de maio de 2016

1º de maio - Dia do Trabalhador!

Hoje é 1º de maio, Dia do Trabalhador! O dia de hoje é dedicado a celebrar as conquistas e reforçar a luta daqueles que trabalham e produzem, contribuindo para a construção e transformação do nosso país. 

Neste ano, talvez não tenhamos muito a celebrar, diante de um cenário de retrocesso em relação a direitos e incertezas sobre os rumos do país. Por isso, é hora de estarmos mobilizados, vigilantes e preparados para ir à luta em nome dos nossos direitos. 

Com força e fé, seguiremos a diante, em busca de dias cada vez melhores para os trabalhadores e suas famílias. Feliz Dia do Trabalhador!


quinta-feira, 28 de abril de 2016

Na tribuna: 1º de maio será de reivindicar direitos e desenvolvimento nacional

Utilizamos a tribuna nesta quinta-feira para convidar a toda a população de Porto Alegre para estarem junto conosco, no próximo domingo, 1º de maio da Força Sindical, celebrando o dia do trabalhador e reforçando as grandes lutas que tempos pela frente. Estaremos no Espelho D'Água da Redenção, a partir das 15 horas, com várias atrações artísticas e mandando o nosso recadopara o governo, seja ele qual for: exigimos investimento na geração de emprego e renda para enfrentar a crise que assola o Brasil.

Nenhuma outra crise deixou o rastro de desemprego eprejuízo que vemos atualmente no nosso país, que já passa dos 10 milhões de desempregados. O governo pecou, principalmente, ao destruir o que estava consolidado e desencaminhar o país com uma política econômica de benesses aos banqueiros e arrocho à indústria nacional. Agora, precisamos de alternativas para sanar o desemprego, reativar a indústria nacional e voltar a colocar o país no trilho do desenvolvimento econômico.

Estaremos lá com as centrais sindicais, movimento estudantil e todos os setores da sociedade que quiserem se somar a esta luta, que também é por uma estrutura sólida do governo à saúde, educação e previdência. Por isso estaremos nas ruas, reivindicando, ao lado dos trabalhadores, como sempre estivemos.


Dia da Educação

No dia 28 de abril também celebramos o Dia da Educação. A data reforça a necessidade de lutarmos pela valorização e qualificação do ensino, já que a educação é um direito fundamental de todos os brasileiros e um dever do Estado. 

O tema engloba toda a sociedade brasileira, nos mais variados níveis de ensino (educação infantil, educação básica, educação de jovens e adultos, educação universitária), em todas as classes econômicas e em todos os estados brasileiros, já que vivemos uma realidade difícil de cortes nos repasses e sucateamento das instituições.

‪#‎TodosPelaEducação‬

Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças de Trabalho

O dia 28 de março é dedicado a discussão da prevenção dos acidentes de trabalho. A data foi escolhida em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina, nos Estados Unidos, em 1969. Desde 2003, a OIT a utiliza para discutir a segurança e saúde do trabalhador e, desde 2005, o dia ficou instituído no Brasil, através da Lei nº 11.121.

Segundo o estudo da OIT, o Brasil ocupa o 4º lugar em relação ao número de mortes, com 2.503 óbitos. O país perde apenas para China (14.924), Estados Unidos (5.764) e Rússia (3.090). Números alarmantes para o mundo do trabalho e mais uma luta que o sindicalismo brasileiro precisa ajudar a reverter.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Dia da Empregada Doméstica

No dia 27 de abril celebramos o dia das profissionais responsáveis pela arrumação e organização do lar, as empregadas domésticas! Depois de muito lutarem, as empregadas domésticas conquistaram, em 2006, a regulamentação da sua profissão, com carteira assinada, direito a repouso semanal remunerado, 13º salário, férias, aposentadoria e todo o amparo legal a que os trabalhadores têm direito. 

Mesmo assim, ainda há muitas irregularidades e desrespeito aos direitos destas profissionais, que desempenham um trabalho pesado e nada fácil.

Vale conferir no site do Ministério do Trabalho os direitos do(a) Empregado(a) Doméstico(a):

http://www3.mte.gov.br/trab_domestico/trab_domestico_direitos.as

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Dia do Contabilista

Hoje é dia de parabenizar profissionais que trabalham com zelo e cuidado pelo patrimônio público e privado, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico no nosso país! Parabéns a todos os contabilistas!

sábado, 23 de abril de 2016

Dia de São Jorge

Bom dia, pessoal! Neste sábado especial celebramos o Dia de São Jorge, Santo e orixá guerreiro e protetor dos que resistem à opressão e lutam contra o mal.

"Eu andarei vestido e armado com as armas de Jorge, para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem; tendo mãos, não me peguem; tendo olhos, não me vejam; e nem em pensamentos eles possam me fazer mal. Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar".

quinta-feira, 21 de abril de 2016

22 de abril: Dia do Descobrimento

No dia 22 de abril de 1500, as caravelas portuguesas desembarcaram no território brasileiro. O termo "descobrimento" é controverso, afinal, o Brasil já possuía habitantes milenares: os povos indígenas. 

De toda forma, a data marca o descobrimento do nosso país pelos povos que viriam povoá-lo, dando origem à colônia que que caminhou para a independência e que, hoje, apesar dos altos e baixos, é uma das maiores economias em desenvolvimento no mundo.

21 de abril: Tiradentes e Dia dos Metalúrgicos

Hoje comemoramos o Dia de Tiradentes. A data é considerada um feriado nacional no Brasil e homenageia a figura do herói nacional Joaquim José da Silva Xavier, popularmente conhecido por “Tiradentes”.

Tiradentes é considerado um dos bravos brasileiros que lutou pelo desejo de independência do Brasil das explorações e domínio dos portugueses.


Hoje também homenageamos os Metalúrgicos, profissionais que trabalham com o manejo dos metais. A metalurgia é considerada uma das profissões mais antigas da humanidade, estimando que tenha surgido há cerca de 6 mil anos os primeiros ferreiros. Estes trabalhadores continuam na luta por direitos e melhores condições de trabalho. Parabéns a todos os metalúrgicos que trabalham duro para o crescimento e prosperidade do país!


Um ótimo feriado a todos!

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Na tribuna: democracia também é liberdade de manifestação

Segue a discussão da moção de repúdio em função da realização do "Ato pela Democracia", na UFRGS. Consideramos na tribuna que é permitida a utilização de espaços públicos, como auditórios ou pátio para atos políticos, apenas a UFRGS, como instituição, é vedada de tomar posição política. Mas o que se viu nos registros exibidos aqui, foi que várias entidades e movimentos sociais participaram e convocaram o ato. Servidores da própria universidade participaram, na sua folga, exercendo seu direito democrático. Por que os favoráveis ao impeachment não realizaram ato semelhante?

Não podemos condenar e fazer um ato de desagravo aos que realizaram. Isso deveríamos fazer ao Hospital de Pronto-Socorro, que permitiu ontem que uma pessoa armada conseguisse ingressar e descarregar uma arma de fogo em um paciente.

Jamais poderei me opor à realização de um ato em favor da democracia, mesmo sendo declaradamente a favor do impeachment. Democracia é isso: as partes poderem se manifestar a favor ou contra, estarem na Redenção ou no Parcão, no Largo Zumbi dos Palmares ou da Goethe. Vamos seguir pela democracia, cada um defendendo seu lado mas, acima de tudo, os nossos direitos.


terça-feira, 19 de abril de 2016

19 de abril - Dia de Santo Expedito e Dia do Índio

No dia de hoje celebramos duas datas marcantes para o nosso país: o dia de Santo Expedito, um dos santos mais populares da igreja, representado também em religiões de matriz africana, como a Umbanda, e o Dia do Índio. 


Escolhido como data para se comemorar a cultura indígena, o dia 19 de abril também tem como objetivo conscientizar os governos e população mundial sobre a importância de preservar e reconhecer os direitos dos indígenas. 

Segundo o IBGE, a população indígena do Brasil, que era de mais de 5 milhões na época do descobrimento, chegou a apenas 200 mil na década de 60. Hoje, o instituto estima que estes povos estejam voltando à marca de um milhão.

Infelizmente, os nossos povos ancestrais não têm muito a comemorar, a mercê do desmatamento, exploração e da demora na demarcação de terras. Além disso, também há problemas na adaptação dos indígenas fora de suas comunidades, como dificuldade de adaptação em instituições de ensino e de acesso ao mercado de trabalho.

Políticas que contemplem o respeito à cultura, às reservas e, ao mesmo tempo, levem dignidade e cidadania para os indígenas continuam sendo fundamentais.


segunda-feira, 18 de abril de 2016

Impeachment: diga-me com quem andas, que te direi quem és

Nós criamos o Solidariedade porque nos partidos que nós nos encontrávamos aceitaram baixar a cabeça e fazer acordo com quem traiu os trabalhadores. Este governo que hoje reclama dos evangélicos, do PMDB, PRB, PROS, escolheu seus aliados. Este governo que reclama de traição, não pode reclamar dos trabalhadores, porque NÓS fomos traídos por eles.

Começou quando, ainda no movimento sindical, tentamos reverter o fechamento dos bingos, que custou a demissão de 320 mil trabalhadores, por causa dos escândalos de propina do governo com Carlinhos Cachoeira. Depois veio o Mensalão e a série de escândalos que todo mundo já conhece e que os trabalhadores pagaram a conta, a ponto de o governo destruir com praticamente todos os fundos de pensão.

Dos golpes na pauta trabalhista, o primeiro foi quando o compromisso com a redução da jornada virou pó. Em 13 anos de governo, jamais honraram a principal luta das centrais sindicais. Então traíram a indústria nacional e geraram a demissão de 10 milhões de trabalhadores, que hoje estão na rua, sem carteira assinada. Antes disso, para completar o estrago, editaram as MPs 664 e 665, que excluem esses trabalhadores do direito ao seguro-desemprego, pensão e outros benefícios que poderiam assegurá-los.

O governo sangrou a Petrobras e o BNDES. Aos grandes empresários, deu dinheiro a fundo perdido, que jamais será recuperado. Às pequenas empresas, sobretaxaram com juros impagáveis e altíssimas tributações.

Quem deu golpe? O governo, que se sentiu traído ontem, escolheu seus aliados. Dizeis com quem andas e eu vos direi quem és.

O Solidariedade e seus 14 deputados justificaram o voto e jogaram limpo desde o início, dizendo muito bem o porquê queríamos impeachment. Não temos malvado, nem ladrão favorito. Todas as acusações que fizeram contra nós, provamos serem infundadas.

O processo de defesa do impeachment passou pela mais alta corte, onde o atual governo indicou os ministros. E esta alta corte disse que o processo é legal. Além do mais, quando foi pedido voto para Dilma nas eleições, foi pedido também para o Temer e não foi a primeira vez, já que a chapa foi reeleita, fazendo campanha ao lado do Eduardo Cunha e dos deputados que hoje chamam de traidores. Representantes que, ontem, escolheram seguir a voz das ruas, do povo que não aceita as traições de um governo que deveria melhorar a vida dos trabalhadores, mas só trabalhou para tornar a sua vida mais difícil, explorando sua mão-de-obra ao máximo, quando optou por não discutir a redução da jornada, explorando o seu salário, quando não quis revisar tabela do imposto de renda e tira até de ganha R$ 1.800 e explora até o fim da vida, quando inviabiliza a aposentadoria de milhares de pessoas.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Dia Mundial do Desenhista

Neste dia 15 de abril, data no aniversário do gênio Leonardo da Vinci (1452), comemoramos o "Dia Mundial do Desenhista". A data foi instituída em 2011, através de uma votação da Associação Internacional das Artes (IAA), que é a maior organização não-governamental de artistas visuais, criada pela Unesco.

Além dos artistas que se dedicam ao desenho livre, o desenhista pode ser um técnico, desenhista industrial, programador visual e uma série de profissões que têm a técnica como base. Em todos os casos, trata-se de pessoas talentosas e capazes de reproduzir, de forma concreta ou abstrata, o mundo que vivemos e tudo que faz parte dele. Parabéns a todos os profissionais pelo seu dia!

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Na tribuna: Repúdio a pediatra e ao Simers

Hoje a Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou a moção apresentada em repúdio à médica pediatra que se negou a continuar atendendo o filho de uma vereadora suplente, por ela ser filiada ao PT, e também ao Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), por apoiar a atitude.


Nós, do Solidariedade, fazemos nacionalmente uma oposição ferrenha ao PT, mas jamais passou pelas nossas cabeças praticar uma política de ódio e muito menos uma política onde um inocente, como uma criança de um ano de idade, passasse a ser vítima deste tipo de política.

Negar atendimento a uma criança, baseado em uma questão ideológica dos pais, é insano e desumano. Se a criança tivesse necessidade de acompanhamento em função de uma doença grave, essa médica estaria assumindo simplesmente o lugar de Deus, relegando a vida de uma criança à própria sorte?

Se a ética e o bom senso deixam margem, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é bem claro. Nas alíneas "a" e "b", do parágrafo único, no artigo 4º, fica expresso que devem ser garantidos pela sociedade em geral e com absoluta prioridade:

a) primazia de receber proteção e socorro em quaisquer circunstâncias;
b) precedência de atendimento nos serviços públicos ou de relevância pública.


Nossa solidariedade à vereadora Ariane Leitão, que acompanhou a votação da moção conosco, no plenário, à sua família e seu filho Francisco, que mesmo tão pequeno, foi vítima de tanta violência e ignorância.

Dia do Office-Boy

Hoje é Dia do Office-Boy! A data homenageia o profissional que é responsável pela entrega e retirada de pagamentos, encomendas, depósitos bancários, comunicados e muitas outras coisas que facilitam e agilizam a organização de uma empresa. Parabéns e sucesso na vida profissional!


terça-feira, 12 de abril de 2016

Decisão do STF sobre dívida pode ser prenúncio de dias melhores para o RS

Finalmente uma boa notícia para os gaúchos! O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu, na noite de segunda-feira (11), uma liminar favorável ao Rio Grande do Sul em relação ao pagamento da dívida com a União. Pela decisão, a cobrança das parcelas deverá ser feita com juros simples em vez dos juros sobre juros (capitalizados) e, além disso, a União está proibida de aplicar sanções ao Governo do Estado em caso de atraso no pagamento da parcela mensal da dívida, que hoje é de R$ 278 milhões, como já fez, ao bloquear as contas e levar a medidas extremas como o parcelamento dos salários por aqui.

Além de sacrificar o nosso povo com medidas nefastas, a intransigência do governo federal em relação à dívida patrocinou o total engessamento do governo estadual e dos serviços públicos, privando os cidadãos dos seus direitos de ter acesso a segurança, saúde, educação, cultura... Esperamos que este seja o primeiro passo de dias melhores para o Rio Grande.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Na tribuna: em meio a golpe para barrar impeachment, é preciso honrar bandeira!

Depois de atacar direitos e benefícios sociais com as famigeradas Medidas Provisórias, de patrocinar a crise e o desemprego com uma política de ajuste fiscal que pune quem trabalha e produz, de destruir o patrimônio e a imagem do nosso país, ao mesmo tempo em que promoveu cortes nos setores mais fundamentais, deixando a população à margem dos serviços básicos, o governo faz agora um leilão no Congresso Nacional, para decidir os rumos do país. Assim como já faz com as emendas parlamentares, o governo tenta comprar o resultado da votação que deve instalar o processo de impeachment.

Meu partido entrou na Justiça, pedindo explicações, mas é escancarado. Uma vergonha para a República, com presidentes de partidos só esperando para saber qual será a fatia na hora da votação. Por isso, muitos ainda ficam em cima do muro. É isso que acontece em um país que não dinheiro. Não tem dinheiro para investir na educação, na saúde, na geração de emprego, mas tem para salvar a própria pele com negociatas de embrulhar o estômago.

Às lideranças, pedimos que honrem suas bandeiras! Ao povo que nos acompanha, liguem para os seus deputados federais e senadores, mandem e-mails, pressionem! Não podemos mais aceitar essa roubalheira, que agora compra votos para decidir o futuro do país, dando golpe. O impeachment, ao contrário, é constitucional, da mesma forma como foi outrora, quando as lideranças do próprio PT também o defendiam em outros governos. É uma medida prevista em lei e necessária, afinal, chegamos ao limite do aceitável. Ou alguém tem dúvida?

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Pague mais, pague já

Aumentar impostos e dificultar o acesso a benefícios e direitos tem sido a principal política econômica de ajuste dos governos. Foram aprovados novos impostos, reajustes dos mais diversos nas tarifas dos serviços essenciais, além de chegarmos ao cúmulo do parcelamento de salários. E não bastou apenas elevar a carga tributária que recai sobre a população, como, em alguns casos, ela também foi antecipada.

A partir deste ano, os gaúchos têm até o dia 27 de abril para quitar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A medida foi justificada pelo governo do Estado como necessária para cobrir a falta de recursos na arrecadação do primeiro quadrimestre. Uma definição que serve ao planejamento das finanças do governo, mas abala, ainda mais, o orçamento das milhares de pessoas que haviam se programado para quitar a dívida nos meses de julho ou agosto.

O governo demanda sacrifícios da população, vendendo ilusões. A luz no fim do túnel continua no mesmo lugar, independente do aumento de impostos e do parcelamento dos salários. As soluções nunca são apresentadas, efeitos positivos não são sentidos e parece que o problema só aumenta de tamanho.

Vivemos uma crise sem precedentes, especialmente no que tange ao tratamento dado pelo Estado ao cidadão, que tenta acostumar-se a uma situação de total falta de segurança, serviços públicos deficientes, produtos e contas cada vez mais caros. Na última cartada, além de nos tirar mais, tiram mais cedo. E a solução? De concreto, só o canhoto da fatura paga.


Dia Mundial de Combate ao Câncer

Hoje é dia de reforçar a luta contra uma doença terrível, muitas vezes silenciosa, que mata milhares de brasileiros todos os anos: o câncer. Para combatê-lo, é preciso aliar bons hábitos a uma rotina de prevenção. Se detectado, o tratamento no estágio inicial, muitas vezes, é fundamental para eliminar a doença. Previna-se, cuide-se. Câncer tem cura, mas precisamos estar sempre atentos!



quinta-feira, 7 de abril de 2016

Solidariedade e Fundação 1º de Maio realizam curso de qualificação para eleições 2016

Por Solidariedade RS

O Solidariedade Rio Grande do Sul realizou nos dias 5 e 6 de abril um seminário para debater as eleições 2016 e discutir metas sobre a organização da legenda. O evento foi organizado pela Fundação 1º de Maio, instituto partidário ligado ao Solidariedade, no City Hotel, em Porto Alegre.

O curso Organização Partidária foi voltado aos filiados e pessoas que já exercem cargos de liderança no Solidariedade. Já o de Eleições 2016 visou atender, principalmente, os pré-candidatos do partido.

Na abertura do encontro, o presidente estadual Clàudio Janta, saudou todas as lideranças presentes de várias regiões do Estado e falou sobre a importância do conhecimento para o crescimento pessoal e do partido.

“Vamos aprender juntos e celebrar a multiplicação dos conhecimentos, o próprio crescimento e o fortalecimento do nosso partido, que podemos nos orgulhar de ser forte, coeso e focado naquilo que defendemos”.

Uma das primeiras palestras do dia aconteceu com a advogada Denise Neri, acerca do panorama histórico dos partidos políticos no Brasil e com o coordenador de políticas públicas da Fundação, Cláudio Prado, contextualizando a atual conjuntura dos partidos e o Solidariedade dentro deste contexto.

O técnico Diogo Telles apresentou aos presentes as diretrizes partidárias e os parâmetros de organização partidária.
O diretor técnico da Fundação 1° de Maio, Diogenes Sandin, abordou sobre ideologia, preceitos e diretrizes. Comunicação, imagem e a identidade do partido também foi pauta no encontro, com o coordenador de comunicação, Guilherme Martinelli.

O curso também proporcionou uma atividade coletiva de planejamento partidário e de campanha, estimulando a prática dos conhecimentos adquiridos na palestra do coordenador de políticas públicas da Fundação, Claudio Prado.

No curso sobre as Eleições 2016, a inspiração foi provocada pelo especialista em comunicação, Clay Lopes, que ministrou uma palestra sobre comunicação, marketing, relacionamento pessoal, interpessoal, técnicas de discurso e postura.

“Nestes dois dias, as atividades realizadas pela Fundação 1° de Maio nos brindaram com os conhecimentos necessários para as eleições que se aproximam, servindo para qualificar ainda mais o que já temos e tanto nos orgulha: lideranças com trabalho sólido, vontade de lutar, cara limpa e espinha reta”, declarou Janta no ato de encerramento do curso.



7 de abril - Dia Mundial da Saúde e Dia do Jornalista

Hoje celebramos o Dia Mundial da Saúde. A data reforça este direito fundamental do ser humano, que deve ser promovido pelo Estado e também pelas boas práticas que dependem de cada um de nós, para garantir o nosso bem mais precioso. 

A data foi criada em 1948, pela Assembleia Mundial da Saúde, para conscientizar a população a respeito da qualidade de vida e dos diferentes fatores relacionados a uma vida saudável. Neste dia também foi criada a Organização Mundial da Saúde (OMS). Está pensando em iniciar uma rotina de hábitos saudáveis? Não deixe para amanhã! 


Nesta data também homenageamos a todos os Jornalistas, pelo seu dia! Estar bem informado é algo que depende do trabalho destes profissionais, cuja atividade é fundamental para a interpretação da própria sociedade em que vivemos. 

Parabéns jornalistas, recebam o nosso reconhecimento pelo trabalho fundamental que desempenham! 

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Na tribuna: Cadê a EPTC?

Utilizando o tempo de liderança do Solidariedade, manifestamos a pedido de taxistas de Porto Alegre um apelo referente a situações que têm causado sérios transtornos a trabalhadores e à prestação do serviço na nossa cidade. Em um dos episódios mais graves, em que ocorreu um homicídio praticado por um condutor de táxi, ficou exposta a fragilidade e ineficiência do sistema de controle da EPTC, que chegou a divulgar como autor do crime o proprietário do veículo, que nem estava na cidade. Este é o controle que a empresa pública tem do funcionamento do serviço de táxi em Porto Alegre.

Outra situação relatada pelas entidades envolve as exigências técnicas da companhia, que mudam toda hora. Em relação aos taxímetros, a EPTC havia feito um decreto exigindo que o aparelho apresentasse quilometragem, aceitasse cartão, realizasse impressão, uma série de coisas. Os taxistas passaram então a adquirir os dois tipos de aparelho que têm tudo isso, considerados pelo Inmetro como os melhores produtos disponíveis no mercado. Não satisfeita, a EPTC exige agora que os permissionários usem um modelo específico, estabelecido pela companhia.

Exige, mas não resolveu o problema do GPS nem do botão de pânico. Em vez de romper contrato com a empresa vencedora da licitação (que funciona num galpão, tanto aqui em Porto Alegre quanto no nordeste, onde tem sua sede), continua apenas efetuando multas, fugindo do combinado com os trabalhadores e com o próprio representante da empresa. Além de não resolver os problemas relacionados ao aparato técnico, a EPTC ainda se mostra inoperante diante das iniciativas de renovação da frota. O próprio presidente da Associação dos Permissionários de Táxi, Walter Barcelos, é um dos taxistas que não conseguem chegar ao fim do processo para renovar o seu táxi, como tantos outros que ficam condicionados a seguir trabalhando em veículos já inapropriados.

Infelizmente, o problema dos táxis em Porto Alegre é grave, porque passa pela má vontade do poder público. Então, quando a população reclama que a frota é velha, que há irregularidades, tenham certeza que é graças à EPTC, que não cumpre o seu papel na gestão do serviço nem realiza a fiscalização. Quem resolve?


sábado, 2 de abril de 2016

Dia Mundial de Conscientização do Autismo

No dia 2 de abril é lembrado o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Segundo especialistas, estima-se que a doença atinja cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo, afetando a maneira como esses indivíduos se comunicam e interagem com outras pessoas ou em relação ao próprio comportamento e percepção. No dia de hoje, milhares de entidades promovem ações para a divulgação de informações sobre autismo, na luta por mais direitos e menos preconceito.

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Trabalhadores da Manlec paralisam atividades e protestam contra atrasos nos salários

Trabalhadores da Manlec estão realizando um protesto nesta sexta-feira, em frente à loja da Avenida Assis Brasil, contra o atraso nos salários, que vem ocorrendo desde o mês de novembro de 2015. Após assembleia, realizada nesta manhã no Sindicato dos Comerciários de Porto Alegre (Sindec), eles decidiram paralisar as atividades e iniciar greve. 

Gostaria de manifestar toda a minha solidariedade a esses comerciários, que estão em luta para garantir a própria dignidade e sustento das suas famílias. Estamos acompanhando a situação de perto, junto ao Sindec​, que está dando todo o apoio aos trabalhadores, que já ingressaram com denúncia no Ministério Público do Trabalho e aguardam uma resolução favorável e digna.




quarta-feira, 30 de março de 2016

Dia Mundial da Juventude

Hoje é dia de pensar o futuro e buscar alternativas para o presente. De se discutir oportunidades, acesso e qualificação, sem deixar de lado os sonhos e a vitalidade que move cada um deles e todos ao seu redor. Que a juventude não esmoreça e assuma cada vez mais protagonismo na construção da sociedade pela qual lutamos e que nós, por nossa vez, nunca percamos essa mesma chama, que move os jovens nessa busca.

domingo, 27 de março de 2016

Feliz Páscoa!

Feliz Páscoa, amigos(as)!!!
Que esse dia de celebração da fé e do amor possa marcar, em cada um de nós, a renovação dos bons sentimentos, do espírito de coletividade e união.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Transparência: Se a população paga, exige recibo!

Hoje na tribuna comentamos o veto da prefeitura a mais um projeto de transparência aprovado na Câmara Municipal, que solicitava a exibição do custo anexo às peças e anúncios publicitários de órgãos e entidades dos Poderes Legislativo e Executivo Municipais. 

A Prefeitura deu a resposta clássica, de que não cabe à Câmara a proposição,assim como fez com o meu projeto da Agência Reguladora, que viria para controlar e fiscalizar os serviços prestados ou terceirizados pelo Município. 

Outra alegação descabida é a de que exibir a informação do valor pago pela propaganda "aumentaria os custos". Como assim, se o que determina o custo é o tamanho, nos impressos, ou a duração, na TV? 

Já estamos cansados de desculpas e falta de transparência com o dinheiro do povo. A população merece saber a conta que está pagando.

terça-feira, 22 de março de 2016

Dia Mundial da Água

Hoje é o Dia Mundial da Água, fonte de vida e bem maior que a natureza nos dá. A data foi criada pela ONU, em 1992, para chamar a atenção para a preservação, já que apenas 0,008% do total da água do nosso planeta é própria para o consumo humano e, em vários lugares do mundo, a falta dela é uma realidade desoladora. Temos que ter consciência da nossa parte, fazendo uso racional da água que temos à disposição, e cobrando punição severa para quem atenta contra ela, como foi o caso da irresponsabilidade que vimos no episódio da mineradora Samarco, que cometeu a barbárie de levar um rio inteiro à morte. Não esqueceremos jamais!

segunda-feira, 21 de março de 2016

Na tribuna: Sem investimentos em fiscalização, caixa preta da Prefeitura permanece fechada

Com as galerias lotadas, servidores pedem a derrubada de mais um veto da Prefeitura. O que não entendemos é que, construímos projetos junto com a base do governo e, mesmo assim, a resposta é o veto.  Com o nosso projeto da Agência Reguladora dos serviços prestados pelo Município também foi assim. O governo alegou que não cabe a nós apresentá-lo, mesmo depois de ter construído em parceria a proposta. Então o que cabe a nós fazermos? Aquilo que a imprensa critica? Colocar nome de rua?

Cabe a nós saber onde é empregado o dinheiro da população e o que não cabe, é vermos o Poder Executivo, em todas as instâncias, municipal, estadual e federal, usá-lo como se fosse seu, como se de nada tivessem que prestar contas, como se fosse um dinheiro da família para abrir um grande negócio de risco. Só que o negócio que eles administram é NOSSO. Nós somos o patrão que trabalha até o meio do ano para pagar os impostos desse negócio, então cabe ao Executivo prestar contas e, para isso, precisamos que o nosso representante nesta parte, que é o servidor público, seja bem remunerado.

Precisamos que haja uma fiscalização capacitada e comprometida com quem é o seu patrão, que é o agente pagador. Por que vetar um projeto desses? Pra quê vetar uma agência reguladora? Para lá na frente acontecer o que vemos na lava-jato?

Talvez, se tivéssemos mais agentes de fiscalização, não estaríamos acompanhando esse escândalo, porque o servidor tem o compromisso com o órgão para o qual trabalha. Aqui mesmo, em Porto Alegre, vimos o descontrole no uso do dinheiro público na Procempa. Gastos que não condizem, altos contratos para compras supérfluas. Agora querem congelar os concursos e as convocações, como se o problema fosse o funcionalismo, assim como o governo do Estado. Mas como fica os nossos Postos de Saúde? A Guarda Municipal, creches, estrutura de arrecadação?


Por que o Município não cobra os seus impostos devidos, de ISSQN e IPTU? Por que não vai atrás dos credores, e tira dos servidores? Parece que é mais fácil beneficiar quem ganha muito e tirar de quem precisa. Precisamos evitar que o Município termine como o Estado, com prejuízos em todos os setores e sem ter para onde correr, ou como o Governo Federal, que de tanto fugir da transparência, ruiu diante de tudo que estamos vendo hoje.