terça-feira, 23 de agosto de 2016

#Janta77011 Agendas de terça-feira iniciam com atividades no Centro de Porto Alegre

Nesta terça-feira começamos as nossas agendas de campanha no Centro de Porto Alegre! O roteiro de hoje foi pela rua Voluntários da Pátria, uma das principais concentrações de comércio da nossa cidade.



Fizemos por lá uma prestação de contas do mandato, em especial de projetos aprovados, como os Postos de Saúde 24 horas e a Escola de Tempo Integral, além da luta pela ampliação do atendimento nas creches do município, que é uma demanda dos trabalhadores do comércio. 


Nesta manhã, também estivemos com os trabalhadores do táxi. Em mais um dia de mobilização, taxistas e suas família saíram às ruas nesta terça-feira, em defesa do seu trabalho e da sua profissão.


No Largo Glênio Peres, nossos apoiadores estiveram a postos em mais um dia de prestação de contas do nosso mandato e de apresentação das propostas que queremos avançar na nossa cidade.

#Janta77011 - Vídeo - Educação em Tempo Integral

Hoje falamos sobre um dos destaques do nosso mandato, que foi a aprovação da emenda à Lei Orgânica que estabelece a obrigação do Município de destinar verbas para que as nossas escolas da rede municipal possam, gradativamente, começar a atender em tempo integral. 

Juntos, demos um grande passo e podemos fazer ainda mais. Porto Alegre conhece e pode confiar! ‪#‎Janta77011‬

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

#Janta77011 Noite de agendas na segunda-feira

Segunda-feira foi dia de muito trabalho, tanto na Câmara, cumprindo as atividades do mandato, quanto nas ruas, através dos nossos apoiadores. À tarde, o pessoal realizou uma caminhada na Vila Coqueiros, no bairro Passo das Pedras, levando as nossas propostas aos moradores e prestando contas do trabalho realizado até agora.



À noite, também fomos às ruas, em agendas da campanha. No bairro São José, estivemos no Morro da Cruz, local onde eu nasci, para discutirmos as questões da nossa cidade. Apresentamos as conquistas do nosso mandato na Câmara Municipal e tratamos das particularidades locais, demandas de habitação e saúde pública. Nossa anfitriã foi a Mãe Amanda do Mulambo, que nos recebeu em sua casa para este encontro.



Encerramos a noite na zona Sul, em reunião com moradores e lideranças comunitárias na Restinga. Falamos sobre o trabalho realizado nos últimos quatro anos e as demandas locais. Compromisso assumido é compromisso de mandato, é projeto!


Obrigado a todos que estiveram conosco em mais esse dia de campanha. Com o apoio de todos, a nossa luta continua!

Na Tribuna: O resgate dos portais da cidade

A Câmara Municipal se prepara para colocar em discussão o transporte individual de passageiros mas, enquanto isso, o transporte coletivo se prolonga num formato ineficiente, com linhas de ônibus esticadas, lotadas e até sucateadas. Não adianta falar em metrô, nem em BRT. Devemos retomar a discussão sobre um projeto para o sistema de transporte, que veio no governo Collares, depois retomado pelo prefeito Fogaça, que são os Portais da Cidade. Um sistema inteligente e viável, que consiste na construção de alguns terminais principais, integrados, onde os passageiros desembarcariam para seguir nas linhas específicas, desafogando o trânsito e melhorando o nosso sistema. A mobilidade de Porto Alegre e a qualidade do transporte não vão melhorar enquanto não rediscutirmos o sistema de transporte coletivo. Enquanto isso, apenas fomentamos o transporte individual em ruas que são as mesmas de 100 anos atrás.


Na Tribuna: Considerações necessárias à regulamentação de aplicativos

Informamos na tribuna a realização do pedido de vistas ao relatório da Comissão Conjunta das Comissões a respeito da regulamentação do transporte individual por aplicativos, sob a perspectiva de que ele deve conter as prerrogativas do Código Nacional de Trânsito. No intuito de ouvir o clamor popular, a Câmara Municipal comprometeu-se a realizar a votação com urgência, mas não devemos rasgar a Lei, que diz que somente se poderá fazer o transporte individual de passageiros o carros com placa vermelha e os motoristas que detenham a carteira profissional.

A cidade de Porto Alegre já decidiu que quer um controle de quem faz o seu transporte, dos seus pais ou filhos. Quanto ao clamor popular, ele pede muitas coisas e, por isso, além do aplicativo, esperamos que a Câmara aprove alguns projetos que protocolei nesta Casa. Um deles, proíbe a EPTC de fazer fiscalização escondida, na calada da noite. Outro, determina a remoção dos pardais, substituindo por lombadas eletrônicas. Outro, libera a bebida nos estádios. Outro, determina que a EPTC deve avisar população quando fizer blitz arrecadatória. Todos são vontade do povo, coisas que a sociedade clama.

Esperamos seriedade na regulamentação dos aplicativos, levando em consideração os trabalhadores que diariamente vêm a esta Casa apelar pela preservação da sua atividade, assombrados pela diminuição da sua renda. Que não acabemos com uma profissão para regulamentar o "bico", mas que seja garantida uma efetiva geração de emprego, para que daqui a um ano não aconteça como ocorreu na Índia, onde 8 mil trabalhadores de "tuk tuk" foram demitidos. 

Espero que "no clamor popular" essa Casa vote com responsabilidade, com atenção às emendas apresentadas, muitas delas a pedido dos próprios motoristas dos aplicativos, para garantir trabalho e renda.