quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Indicativo de greve - Rodoviários de Porto Alegre exigem reajuste mínimo de 8% aumento


O Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários do Rio Grande do Sul realizou na última quinta-feira, dia 20, assembleia da categoria para definir as negociações sobre o reajuste salarial. Os rodoviários de Porto Alegre não aceitaram a proposta de 7,5% de aumento. Antes, já haviam
declinado 3,5% e 5,5%.

O aumento pretendido fica entre 8% e 10%, a fim de que seja compensado inflação e haja ganho real. Além do reajuste, os trabalhadores lutam pelo fim do banco de horas, vale refeição de R$ 13,00 e um percentual como prêmio de motivação.

"Estamos sentindo que os patrões não estão sensibilizados com a nossa condição, então passamos para o estado de alerta de greve", afirmou o diretor do sindicato Luis Fernando Melo de Araújo, que também é secretário de transportes da Força Sindical-RS.

Na terça-feira protestos devem iniciar na Capital. Segunda-feira a categoria estará reunida para definir o indicativo de greve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário