quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Representantes do governo estadual abrem reunião das centrais sindicais


A presença da assessoria superior do Gabinete do vice-governador, Beto Grill, foi o destaque da abertura da reunião das centrais sindicais, realizada na sede da Força Sindical, em Porto Alegre, nesta quarta-feira (19).

Gil Silva, Irani Medeiros e Maicon Machado foram recepcionados pelo presidente da Força, Clàudio Janta, e apresentaram aos sindicalistas os movimentos que o Gabinete pretende fazer para minorar as disparidades regionais, especialmente aquela que divide o Rio Grande do Sul entre Metade Sul e Norte.

Segundo economistas, o Brasil vem perdendo oportunidades históricas de crescimento por não encarar os problemas das disparidades regionais. No Rio Grande do Sul há um lado rico – que consome mais de dois terços da energia produzida no Estado - e outro lado estagnado, que mesmo gerando renda não consegue retê-la na região.

São mecanismos que indiquem instrumentos para incluir os trabalhadores no centro desse projeto que serão perseguidos pelo grupo representante do governo estadual.


Para Mário Lima, economista da Força Sindical, o crescimento econômico nada mais é que o crescimento da riqueza. Segundo disse, desenvolvimento regional é distribuição harmônica dessa riqueza. Embora tivéssemos ciclos de crescimento, como agora, faltou uma política de desenvolvimento, afirmou.

O economista citou a Alemanha, que subdivide sua economia em microbacias, pois para uma região ser sustentável ela precisa ter seu próprio abastecimento de água, o mesmo acontecendo na França, o que faz com que existam planejamentos setoriais, territoriais, com base no crescimento homogêneo.

O grupo de assessores do vice-governador se apresentou aberto para incorporar propostas como as geradas na IV Conferência Internacional do Bioma Pampa, realizada anualmente nas cidades gêmeas de Santana do Livramento, no Brasil, e Rivera, no Uruguai, em sua quarta edição, e o Seminário sobre Faixa de Fronteira, em Uruguaiana, ambos promovidos pela Força Sindical gaúcha, fato destacado pelo presidente da Central no Estado, Clàudio Janta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário