sexta-feira, 8 de abril de 2011

Janta e deputado Mano Changes traçam planos sobre o Mercosul

Changes e Janta
O presidente da Força Sindical-RS, Clàudio Janta, e o deputado estadual e músico Mano Changes (PP) se encontraram e almoçara juntos nesta quarta-feira (6/4) para tratar de temas relativos ao Mercosul.

Mano Changes assumiu a presidência da Comissão do Mercosul da Assembléia Legislativa e pretende desenvolver um trabalho amplo, integrado com a sociedade, especialmente para defender os interesses do Estado.

O presidente Janta relatou ao deputado o acúmulo de deliberações, discussões e debates que a Força promoveu e que pode servir como subsídio para propostas e mudanças efetivas nos municípios da Fronteira. "Não queremos ser repositório de dados, mas, sim, pretendemos colaborar com o poder público, acreditamos que esse também seja o papel de uma central sindical", afirmou o presidente da Força Sindical-RS.

A Força Sindical tem uma história de participações no Mercosul, que inclui o acompanhamento das atividades do Parlamento do Mercosul. Também defende propostas junto ao Mercosul e ao Parlamento como o fim da Faixa de Fronteira e a defesa de polítcas efetivas de integração nas regiões de fronteira.


No final do mês de março, este ano, a 3ª edição do Seminário sobre a Faixa de Fronteira, organizada pela Força Sindical-RS em Uruguaiana, reuniu políticos, lideranças sociais, agricultores e universidades para debater as restrições que a região da Fronteira Oeste, principalmente, sofre devido à lei da Faixa de Fronteira. Desenvolvimento econômico e social foram as duas principais chaves de discussão. Em 2011, o grau dos debates esteve elevado pela discussão e participação de profissionais técnicos do IBGE, Dieese, setor agropecuário, setor ambiental e econômico.

No evento, estiveram presentes o presidente da ALRS, Adão Villaverde, que afirmou que o Legislativo dará atenção à resolução das questões da Faixa, e o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, que se comprometeu a lutar pelas cidades da Faixa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário