quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Salário digno é decência no trabalho

O governador Tarso Genro enviou um projeto para a Assembleia Legislativa instituindo o novo salário mínimo regional no estado do Rio Grande do Sul. O valor do piso regional, da Faixa 1, será de R$ 700 a partir de 1º de março.

O projeto propondo o reajuste de 14,75%, percentual bem próximo do reivindicado pelas centrais sindicais (18,7%), será enviado à Assembleia Legislativa. O salário mínimo regional é pago a cerca de 2,3 milhões de trabalhadores de 34 categorias da iniciativa privada.

Nos meses de janeiro e fevereiro, valerá a Faixa 2 do piso atual, que é de R$ 624, para não ficar menor que o salário mínimo nacional que vigora em 1º de janeiro, com reajuste de 14,26%, resultando no valor de R$ 622,76.




É importante a implantação desse salário mínimo para aquecer a economia e desenvolver o estado. Ações como esta garantem o desenvolvimento econômico com distribuição de renda.

Temos visto a nível nacional que um investimento no mercado interno, isso a nível de união, estado e município, ele não permite que o seu povo fique refém do sistema financeiro,  fique refém da exploração.

Então um salário digno gera dividendos, um salário digno fomenta a economia. Nós esperamos que a Assembleia Legislativa aprove este projeto e institua no RS um salário decente para as pessoas, já que o Brasil, o nosso Estado e todos estamos juntos na busca pelo emprego de uma salário decente. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário