terça-feira, 12 de junho de 2012

Escola de Turno Integral foi tema de Audiência Pública na ALRS


Na segunda-feira, 11, participei da Audiência Pública sobre Escola de Tempo Integral no Plenarinho da Assembleia Legislativa do RS. O debate foi promovido pela Comissão de Educação presidida pela deputada Juliana Brizola (PDT). 

Na oportunidade falei que a escola de tempo integral tem que ser uma luta nossa, pois não queremos só comida, temos direito a tudo: diversão, cultura, arte, entretenimento. Queremos que os nossos filhos olhem uma peça de teatro e entendam o que estão vendo e ouvindo, assim como nos filmes. 


Tempo integral não é depósito de criança. Escola é a criança tomar café da manhã, é ter atividade cultural, é a criança aprender, chegar na escola é saber escrever, interpretar e ler. Nós vamos se enganar até quando, com esse modelo de educação que temos? 

Não podemos admitir que o Brasil continue mandando 2 bilhões para o Haiti, enquanto nossa população morre de fome. Mas o que precisa mesmo e transforma uma nação nós estamos importando, que é cultura, conhecimento e principalmente mão de obra qualificada. 

Essa realidade tem que mudar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário