sábado, 7 de julho de 2012

Conversa com comunidade da Tuca e região reafirma compromisso político

Na fria tarde deste sábado, escolhi estar com uma comunidade acolhedora e de grande significado para mim, já que meus pais são originários da região. Hoje escolhi ir para as minhas origens, região do Partenon, onde nasci, para conversar sobre a política do bem, a política voltada para as necessidades e soluções do povo.

Com a comunidade da Tuca, comentei o problema do atendimento à saúde na comunidade. Esta questão é emergencial, e não é privilégio da Tuca, está atingindo muitos bairros da cidade. A comunidade de Porto Alegre precisa e merece postos de saúde na Restinga, Vila Farrapos, Eixo Baltazar, Lomba do Pinheiro, enfim todas as regiões e zonas de Porto Alegre que funcionem 24 horas. Este é um setor que não pode ter horário restrito e deve funcionar 24 horas.



Essa dificuldade no acesso à saúde tem que ter fim, é um absurdo as pessoas terem de dormir na fila para serem atendidas. A saúde da família deve ser prioridade, porque não tem horário e nem dia de semana para tratar, tem que ser disponível e com vagas. O líder comunitário Paulo Roberto (Paulão), que já foi conselheiro tutelar da região da Tuca, falou dos projetos para esportes e contra a violência com as crianças e jovens.

- O Janta é coerente e firme nas ideias. Temos certeza que ele pode ser o representante legítimo da nossa comunidade, pois sempre teve um diálogo aberto com as lideranças e tem compromisso com os ideais trabalhistas – frisou.

Os líderes Carlos Eduardo Villar Chamorro, Getúlio, Gilson Santana (Jacaré), Arioaldo (Maninho), João Vilmar Pereira, Claudio Correa, Isaura e a presidente da Escola de Samba Filhos da Candinha Aline Fabiane da Silva também estiveram no encontro. Estamos apostando no Janta e peço o esforço de cada um para termos o nosso representante na Câmara de Vereadores", diz o morador da Tuca Chamorro.

Gilson Santana ressaltou meu conhecimento sobre as necessidades da população. “Estamos aqui firmando apoio ao Janta porque ele conhece nossas necessidades, ele vem e tem um dialogo aberto com todos para saber a nossa realidade”, disse. 

 

Obrigado a toda a comunidade pela recepção, conversa e declarações apoio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário