domingo, 1 de julho de 2012

"Ficha suja" agora tá limpo

Os políticos que tiveram contas de campanha rejeitadas pela Justiça poderão participar das eleições deste ano, segundo decidiu o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Por maioria de 4 votos a 3, o tribunal desfez decisão da própria corte que impedia a candidatura dos chamados contas sujas.

Os ministros, infelizmente, acataram a reclamação do Partidos dos Trabalhadores (PT) que foi endossada por mais 13 legendas. Agora, será exigido que o político apresente suas contas, sem necessidade de aprovação, para obtenção da certidão de quitação eleitoral.

A medida, que já começa a valer nas eleições municipais desse ano, chegou num momento de ênfase na transparência e de cobrança de um padrão mais rigoroso para homens públicos. Por isso tal decisão surpreende!


Isso representa um retrocesso na Justiça e uma anistia para quem descumpre as determinações judiciais. A candidatura dos "fichas sujas" será usada para agarrar eleitores, deixando de lado, muitas vezes, os verdadeiros representantes do povo atuarem na defesa dos reais direitos da população.

Agora, mais do que nunca, os eleitores precisam estar conscientes dos seus votos e convictos do caráter e da ética dos seus candidatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário