quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Líderes políticos participam de recepção para o Ministro do Trabalho e Emprego


Na noite da última quarta-feira, 28, os líderes políticos Marco Vieira e João Quadros me representaram no evento que recepcionou o Ministro do Trabalho e Emprego, Brizola Neto, na sede do CTG Estância da Azenha. 


Líderes partidários, autoridades e imprensa, lotaram a sede do Centro de Tradições para receber o Ministro que está cumprindo agenda nesta semana em Porto Alegre.



O Ministro saudou os representantes de todos os movimentos, destacando a emoção de poder reencontrar os companheiros.

“O PDT é um partido que conta com lideranças que fizeram história no país, temos o objetivo de transformar a sociedade, por isso é um privilégio ter a oportunidade de me reunir com os companheiros trabalhistas que lutam pela mesma causa”, afirmou.

Em sua fala, Brizola Nato também destacou a inserção do trabalhismo no mundo de direitos e garantias para gerar uma classe que luta pelo desenvolvimento e construção do país. 

“Hoje o Brasil totaliza 40 milhões de trabalhadores com carteira assinada, mas que ainda tem muito trabalho a ser realizado”, disse. 



Participaram também da recepção o integrante do Coletivo Força e Fé, Marcelo Avencurt Furtado e Luis Carlos Barbosa, representante do Movimento Sindical do PDT.



quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Bioma Pampa segue em pauta na mídia do Estado

Na manhã de terça-feira (13) participei da gravação do programa Democracia, da TV Assembleia Legislativa do RS. O tema da entrevista foi Bioma Pampa: energia e água, motivado pela VI Conferência Internacional do Bioma Pampa, realizado nos dias 8 e 9 de novembro em Santana do Livramento.

Também participaram do programa Elifas Simas, diretor presidente da CRM Térmica a Gás-Sulgás e Sérgio Sady, da ALRS e do Simpósio das Águas.



Falei sobre algumas temáticas importantes para o desenvolvimento da região da fronteira oeste do Estado, como a união entre os poderes políticos para que estejam à frente das discussões que gerem emprego e renda nos municípios. Só com emprego é que essas cidades conseguirão se desenvolver. 

O programa foi ao ar na noite do mesmo dia. Em breve vou postar o video aqui.


segunda-feira, 12 de novembro de 2012

VI Conferência do Bioma Pampa debate energia e água na Fronteira Oeste

A VI Conferência Internacional do Bioma Pampa aconteceu nos últimos dias 8 e 9 de novembro, na Câmara Municipal Santana do Livramento, com o objetivo de resgatar o desenvolvimento da região, gerando energia
Durante os debates ressaltei que a região deve criar um fórum para definir maneiras de desenvolvimento agregado e questionei também a possibilidade de aproveitamento da argila no Estado.

A geração de emprego e renda nas cidades da região foi uma questão bastante presente na plateia. A mesa respondeu que ainda há concentração de desenvolvimento e precisa gerar diversificação com fábricas localizadas na Fronteira Oeste para absorver o trabalho do homem da campanha.



Porém, um fato de indignação é que todos os parques eólicos do RS serão instalados na região Sul, principalmente na fronteira Oeste, por questões climáticas. E quando o Estado traz empresas para fabricar componentes, nenhuma delas se instala na Região Sul, muito menos na Fronteira Oeste.

Outra questão que gerou também gera indignação é o fato de que foram aprovadas duas audiências públicas sobre agricultura e Mercosul e pela primeira vez nenhum representante destes segmentos compareceu. Cabe a nós começar a cobrar desses deputados. Por que não estiveram no evento discutindo essas questões que interessam ao futuro de todos?

O segundo dia de conferência contou com mesa na manhã desta sexta-feira, dia 9, integrada pelo vereador Germano Camacho, presidente da Câmara de Livramento.

Reunião com lideranças de Quaraí

Em Quaraí fui recebido por lideranças da cidade no plenário Vereador Clóvis Delgado da Câmara de Vereadores, na quarta-feira, dia 7/11.

A reunião também contou com a presenças de vereadores eleitos para o próximo mandato no Município. Além de políticos, população, sindicalistas e lideranças sociais prestigiaram o ato. Em comum entre todos, a preocupação com o desenvolvimento da região.

"O Sindec/Quaraí estará junto com este novo Legislativo de Quaraí. É um problema para o Município a falta de comerciários com carteira assinada", disse Leonildo Bueno, secretário do Sindec/Quaraí.
O ex-prefeito do Município e também vereador eleito, Carlos Gradet, salientou que para a cidade é necessário uma reforma fiscal urgente, já que "o cidadão de Quaraí vale 1/3 do trabalhador de Triunfo".



 Em resposta, cobrei políticas de indução de desenvolvimento para a região. Quaraí precisa de emprego, não pode depender de poucas vagas no comércio, alguns parcos postos na agricultura, bolsa família e programas escassos de governo.

Comentei também os problemas para instalação de empresas multinacionais, questões que a Força Sindical-RS debate há oito anos no interior do Estado. Falta infra estrutura para instalação de empreendimentos. A região precisa se unir.

O representante do Sindisaúde de Quaraí, Luis Cesar Severo, também prestigiou o encontro.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Posse da diretoria do Sindec/POA e comemoração do Dia do Comerciário

Autoridades municipais e estaduais, sindicalistas e lideranças políticas do interior do Rio Grande do Sul acompanharam a comemoração do Dia do Comerciário e a posse da Diretoria do Sindec/Porto Alegre que ocorreu no último domingo, dia 4.  

Na oportunidade, recebi o diploma de secretário geral do sindicato, integrante da diretoria administrativa efetiva. 

Várias foram as lutas encampadas pelo sindicato em defesa dos trabalhadores comerciários. Como secretário geral, destaquei a importância política destas lutas sindicais e o significado de sua vitória. 


 A Diretoria tomou posse em um momento muito especial para o nosso sindicato, porque há muito tempo não tínhamos uma representação política dos trabalhadores do comércio na Câmara de Vereadores de Porto Alegre e este ano a categoria entendeu a importância de ter uma representação. Não adianta somente termos uma Convenção Coletiva com a causa do Trabalho Decente se não tivermos uma voz política que realmente discuta as questões do Trabalho Decente para todos. 

O Trabalho Decente está nas condições em que desenvolvemos nosso trabalho, mas também nas condições do local onde moramos, no saneamento das ruas, na infra estrutura da cidade. Significa também as condições para termos dignidade para viver. Queremos ajudar a Prefeitura de Porto Alegre, através do prefeito José Fortunati, a construir uma cidade para todos com dignidade, onde as pessoas tenham o direito de ir e vir.

Diretoria e autoridades presentes

Vida longa a esta Diretoria e que possamos juntos, ajudar a melhorar a vida de todos os trabalhadores.