domingo, 21 de abril de 2013

100 dias de atuação parlamentar


Na manhã deste sábado (21) visitei a Feira da Vila Ipiranga onde encontrei muitas pessoas que me deram apoio e me conduziram à Câmara de Vereadores. Aproveitei para fazer a prestação de contas desse período de mandato que completa 100 dias e fui muito bem recebido pelos feirantes e público. 

Já apresentamos vários projetos em defesa dos trabalhadores e da população das comunidades.  Entre as bandeiras que defendemos o destaque  é para o trabalho decente, segurança para todos, qualificação profissional, jornada de 40h, menos impostos e juros, mais empregos e salários e desenvolvimento regional.

São mais  de vinte projetos, propostas, emendas e encaminhamentos das comunidades. Estamos lá levando em frente a nossa luta em defesa dos trabalhadores para que possamos ter um mundo melhor. Com força e fé vamos construir uma cidade melhor para todos. 

Conheça os principais projetos e propostas:

-Abertura dos postos de saúde por 24 horas e nos finais de semana;
-Suspensão dos alvarás das casas de eventos até a regularização, culminando no fechamento de mais de 30 estabelecimentos;
-Programa Casa Segura, com normas para os espaços públicos de entretenimento, alimentação e eventos;
-Comissão parlamentar de inquérito (CPI) da telefonia em Porto Alegre;
-Criação da Comissão Especial do Trabalho Decente;
-Criação da Frente Parlamentar de apoio ao Trabalho Decente;
- Criação da Frente parlamentar em busca das pessoas desaparecidas;
-Criação do programa Municipal de Comunicação social para divulgar dados das pessoas desaparecidas;
-Comissão especial para tratar de transporte e acessibilidade;
-Criação de agência reguladora de serviços municipais prestados em Porto Alegre;
-Sessão solene anual para comemorar o 1º de Maio como Dia do Trabalhador;
-Audiência pública para discutir a criação do Parque do Gasômetro;
-Livre estacionamento para Agentes do Ministério Público em diligência;
- Instalação de banheiros químicos para feirantes de todas as feiras livres da cidade;
-Plebiscito sobre as isenções das passagens de ônibus em Porto Alegre;
-Alteração do Conselho Municipal de Transportes Urbanos (COMTU) e suas prerrogativas;
-Estabelecimento de normas para a contenção de enchentes e destinação de águas pluviais;
-Cobrador para transporte coletivo acima de 21 passageiros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário