sábado, 15 de junho de 2013

Palestra na PUC-RS


Na noite da última sexta-feira (14) estive na PUC, onde realizei uma palestra para alunos de Pedagogia, Serviço Social e Direito sobre Ética na Política. A atividade aconteceu na disciplina de Ética e Cidadania, ministrada pelo professor André Brayner de Farias.

Ao me apresentar respondi de imediato os questionamentos dos estudantes sobre o tema. É difícil pensar ética na política enquanto se tem um pensamento do povo que o político não fez nada antiético, enquanto ele rouba, desvia milhões da educação, da saúde, etc, e o povo acha isso normal. O povo é quem elege e reelege os políticos corruptos.

Citei como exemplo os escândalos no congresso brasileiro que envolveram senadores que continuam na política e foram reeleitos pelo povo. A ética está nos pequenos detalhes, que, na verdade, são grandes detalhes que fazem a diferença.

A política está uma vergonha, eu pensei muito antes de entrar, várias pessoas me disseram para não fazer isso, mas através das minhas lutas eu acredito que estou dando uma contribuição . Antes de ter ética na política é preciso ter ética na vida.

Contando um pouco da minha trajetória política e falando de importantes projetos que já foram protocolados no legislativo,  expliquei que entrei no meio para defender os trabalhadores, que é a classe que eu represento, por isso me sinto na obrigação de prestar contas à sociedade sobre o trabalho que venho desenvolvendo na Câmara de Porto Alegre, e que hoje em dia as redes sociais são uma importante ferramenta para este fim.

É necessário fazer uma reforma política e que as ações precisam ser mais transparentes. Vocês tem o poder de fiscalização nas mãos. É o povo que precisa se indignar, cobrar e exigir.



Nenhum comentário:

Postar um comentário