segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Solidariedade: Novo partido, com novas ideias!

O partido Solidariedade está legalmente organizado no Rio Grande do Sul, sob a coordenação política do vereador de Porto Alegre, Clàudio Janta, que deixou o PDT. Na semana passada, filiaram-se o deputado Cassiá Carpes, ex-PTB, o prefeito de Quaraí, Ricardo Gadret, também ex-PTB, o cantor nativista César Oliveira, dezenas de vereadores, de várias cidades e, em grande parte, de primeiro mandato em seus respectivos partidos, além de líderes sindicais, populares e estudantis. Segundo o vereador Janta, “o Solidariedade nasce com orientação de centro-esquerda, buscando garantir os direitos e os interesses dos trabalhadores e do povo nas decisões políticas”.

Na semana passada foi constituída a Comissão Provisória Estadual, sob presidência de Antero Vasques Alt Filho, integrada por 7 membros. O partido foi aprovado pelo TSE no dia 24 de setembro, por maioria de votos, vencidos os pedidos de impugnação – entre elas, a solicitada pelo PDT e indeferida pelo Ministro Gilmar Mendes. Até o dia 5 de outubro, em virtude do prazo legal eleitoral que exige um ano de filiação partidária para concorrer nas próximas eleições, filiaram-se vereadores e demais eventuais candidatos. Também de acordo com a legislação, até o dia 24 de outubro ainda poderão migrar os detentores de mandatos legislativos, sem perda dos referidos mandatos.

Em nível nacional, o partido Solidariedade, contabilizou 22 deputados federais e 1 senador, também oriundos de diversos estados e partidos, sob a liderança do deputado federal Paulo Pereira da Silva, ex-PDT de São Paulo. Já organizado em vários estados, o partido surge como uma nova força no Congresso Nacional, especialmente na Câmara dos Deputados. A partir de agora, o partido vai acelerar o processo de filiação, com adesão de novas lideranças e constituição de seus diretórios regionais e municipais.


Fonte: Solidariedade RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário