terça-feira, 25 de março de 2014

Governo agrada FIFA com dinheiro do povo

As obras temporárias para a realização da Copa do Mundo em Porto Alegre são a última peça das absurdas imposições da FIFA, que os governos vem se curvando uma a uma, com evidentes prejuízos para a população.

Não se justifica que tais custos sejam pagos com recursos públicos, que faltam cotidianamente para outras áreas essenciais para o atendimento das necessidades mais vitais das pessoas, como a saúde, o transporte, a segurança e a educação.

A concessão de “isenções fiscais” para as empresas, por outro lado, são uma dupla falácia, pois a mesma medida não é utilizada para construção de escolas, postos de saúde e outros equipamentos  sociais, ao mesmo tempo em que o governo atende as exigências da FIFA com chapéu alheio, ou seja, com dinheiros dos impostos que pagamos.

Assim, repudiamos mais esta medida autoritária e de intromissão da FIFA em nosso país, utilizando-se do amor dos brasileiros ao futebol para explorar o país e do nosso povo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário