terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Força Sindical luta em Brasília contra MPs 664 e 665

Dia de muita luta em Brasília junto à Força Sindical para garantir que os trabalhadores não paguem a conta da máquina pública. Fomos recebidos pelo presidente do Senado, deputado Renan Calheiros, e pelo presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha, a quem fizemos o apelo para acabar com as Medidas Provisórias que mexem com os direitos dos trabalhadores. Tivemos resposta positiva do Congresso, de que será criada uma comissão mista para avaliar especialmente as MPs 664 e 665, onde o Solidariedade acompanhará efetivamente. A Força Sindical também foi recebida, pelo presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Aroldo Cedraz, com quem discutimos as demissões feitas pelas empresas terceirizadas que prestam serviços para a Petrobras sem o devido pagamento das rescisões trabalhistas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário