segunda-feira, 3 de agosto de 2015

A vaca já está roxa de tanto tossir. Dilma, volta para o trilho!

Hoje o Impostômetro registra mais de R$ 1,186 trilhões de impostos arrecadados no Brasil desde 1º de janeiro de 2015. Enquanto isso, o trabalhador que já é tributado em todo e qualquer produto ou serviço que consuma, o trabalhador que recebe a partir de R$ 1.700 que já tem imposto retido na fonte, que enfrenta uma taxa Selic reajustada em 14,25%, agora precisa engolir uma Medida Provisória do governo federal, abrindo mão de 30% do seu salário em nome da preservação do seu emprego. Os trabalhadores devem entregar o seu suor a um governo que não honra mais de R$ 1 trilhão de impostos, que não cumpre suas metas, que se esconde atrás da mentira do pré-sal que ninguém nunca viu e que, se existisse, não deixaria o Brasil na situação que está hoje, contraindo empréstimos com a China.

Em vez de taxar as grandes fortunas, a presidente Dilma lança um pacote onerando os trabalhadores. Os grandes não quitam sua dívida com este país, os grandes, são beneficiados. Olha quanto ganharam os bancos, de juros, no primeiro trimestre! São os únicos que tiveram lucros, se justificando com o "Custo Brasil". Mas o Custo Brasil é o que o trabalhador sente cada vez que vai ao supermercado, a cada semana, a cada dia!

A vaca não para de tossir, e ainda falam que há articulação golpista. Mas volte para o trilho, presidente! Se a senhora estiver ao lado dos trabalhadores, ninguém vai querer tirá-la de lá. Quem traiu a confiança dos trabalhadores, quem mentiu, sim, foi tirado de lá pelo povo, que já tem data para ir às ruas, no próximo dia 16. Volta para a luta, presidente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário