segunda-feira, 16 de novembro de 2015

TV Câmara discute atuação da Uber em Porto Alegre

Nesta manhã gravamos o Porto Alegre em debate, da TV Câmara, discutindo os serviços de transporte remunerado de passageiros com veículos cadastrados por aplicativos, sem regulamentação. Voltamos a frisar: as condições entre os motoristas precisam ser iguais, não podem ser abertas exceções para a prestação de qualquer serviço, seja ele de transporte, comércio, radiofusão, etc.

Luiz Nozari, presidente do Sindicato dos Taxistas (Sintáxi), reforça que os taxistas não são avessos às tecnologias, pelo contrário, procuram adaptar-se e utilizá-las ao máximo. E pedem que a lei seja cumprida por todos: quem operar o transporte individual e remunerado de passageiros precisa submeter-se à legislação. 

Um taxista no aeroporto, paga 100 mil por ano em impostos - se quiser colar um adesivo no carro, precisa de permissão. É justo um cidadão cadastrar seu veículo numa plataforma e trabalhar pelas mesmas condições, pagando um percentual para uma empresa?


Participam também o vereador Nereu D'Avila e o diretor de relações institucionais da Uber, Daniel Mangabeira. 

O programa vai ao ar às 21h, no canal 16 da Net ou 61.4 da TV digital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário