quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Impeachment no horizonte

Na tribuna - 03/12/2015

Relatei na tribuna que participei ontem, em Brasília, de um grande fato histórico. Não interessa de quem partiu, que sabemos não ser a pessoa mais idônea, mas meu partido estava lá, exigindo que quem cometeu estelionato eleitoral, atacou direitos garantidos dos trabalhadores, mentiu, pedalou nas finanças, sacrificou a Petrobras e que, mais recentemente, teve seu líder do governo saindo algemado do Senado, seja devidamente responsabilizado. 

O acolhimento do processo não significa a concretização de impeachment, mas abre a possibilidade de que uma comissão analise todos estes "feitos" e que venha a responsabilizar e decidir se custa ou não o mandato da presidente Dilma. É hora de responder e de pagar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário