quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

#SomosTodosLixo

Para o resto do mundo, desde ontem, somos todos lixo. A agência de classificação de risco Moody's rebaixou a nota a do Brasil, sendo a última das três grandes classificadoras a retirar o grau de investimento, uma espécie de selo de bom pagador, do país. A nota caiu para "grau de não-investimento especulativo", mais conhecido no mercado como "lixo".

Então, suplicamos que os ratos deixem nossos sapatos. Que parem de destruir, além da nossa imagem, a nossa indústria, que tanto carece de incentivos e padece com a tributação, enquanto a pirataria reina solta. Destroem nossos direitos, arruínam o sacrifício desse povo para empreender, para gerar o sustento próprio.

A irresponsabilidade de um governo que permitiu que sejamos tratados agora como lixo, vai penalizar ainda mais quem já sofre com a crise, com o desemprego. Temos tempos nebulosos pela frente e o governo precisa voltar para os trilhos, como temos cobrado desde o ano passado. E esses trilhos são a geração emprego e renda, fortalecimento da indústria nacional e outras medidas urgentes que criem condições para que o Brasil se reerga. Podemos deixar de ser lixo, mas os ratos têm de deixar nossos sapatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário