quarta-feira, 16 de março de 2016

Lula na Casa Civil

Assistimos atônitos à confirmação de que Lula deve assumir o Ministério da Casa Civil porque parece se tratar, mais do que qualquer coisa, de uma confissão de culpa. Em 1988, Lula disse que somente os pobres são presos e que os ricos se tornam ministros. Pois bem, enriqueceu e coleciona bens que jura não serem seus. Perdeu a noção da realidade do povo brasileiro, traindo àqueles a quem representava e buscando asilo no governo da sua sucessora.

É defendido por aqueles que outrora defenderam com a mesma garra o José Dirceu, cabeça dos maiores rolos dos petistas. Mas nós não temos afinidade pra ficar defendendo bandido e não queremos ver bandido se acobertando em cima de foro privilegiado. Quem não deve não teme.

Particularmente, jamais pensei que um peão poderia fazer um papelão desses. Esse peão, que declarou a vida inteira que usava os motores para defender o povo brasileiro, para defender os trabalhadores, agora usa o governo para salvar a própria pele. Um trabalhador não faz isso.O trabalhador se expõe diariamente à violência, sai cedo para trabalhar, cumpre o seu papel, mas não se esconde embaixo da barra da saia da mãe, como faz agora o ex-presidente. Lamentavelmente, o desfecho da situação política traz essa grande decepção para o povo brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário