quarta-feira, 23 de março de 2016

Transparência: Se a população paga, exige recibo!

Hoje na tribuna comentamos o veto da prefeitura a mais um projeto de transparência aprovado na Câmara Municipal, que solicitava a exibição do custo anexo às peças e anúncios publicitários de órgãos e entidades dos Poderes Legislativo e Executivo Municipais. 

A Prefeitura deu a resposta clássica, de que não cabe à Câmara a proposição,assim como fez com o meu projeto da Agência Reguladora, que viria para controlar e fiscalizar os serviços prestados ou terceirizados pelo Município. 

Outra alegação descabida é a de que exibir a informação do valor pago pela propaganda "aumentaria os custos". Como assim, se o que determina o custo é o tamanho, nos impressos, ou a duração, na TV? 

Já estamos cansados de desculpas e falta de transparência com o dinheiro do povo. A população merece saber a conta que está pagando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário