quarta-feira, 20 de abril de 2016

Na tribuna: democracia também é liberdade de manifestação

Segue a discussão da moção de repúdio em função da realização do "Ato pela Democracia", na UFRGS. Consideramos na tribuna que é permitida a utilização de espaços públicos, como auditórios ou pátio para atos políticos, apenas a UFRGS, como instituição, é vedada de tomar posição política. Mas o que se viu nos registros exibidos aqui, foi que várias entidades e movimentos sociais participaram e convocaram o ato. Servidores da própria universidade participaram, na sua folga, exercendo seu direito democrático. Por que os favoráveis ao impeachment não realizaram ato semelhante?

Não podemos condenar e fazer um ato de desagravo aos que realizaram. Isso deveríamos fazer ao Hospital de Pronto-Socorro, que permitiu ontem que uma pessoa armada conseguisse ingressar e descarregar uma arma de fogo em um paciente.

Jamais poderei me opor à realização de um ato em favor da democracia, mesmo sendo declaradamente a favor do impeachment. Democracia é isso: as partes poderem se manifestar a favor ou contra, estarem na Redenção ou no Parcão, no Largo Zumbi dos Palmares ou da Goethe. Vamos seguir pela democracia, cada um defendendo seu lado mas, acima de tudo, os nossos direitos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário