quarta-feira, 11 de maio de 2016

Educação em tempo integral é decretada no Estado e luta segue em Porto Alegre

Na segunda-feira o governo do Estado assinou um decreto que institui a Escola em Tempo Integral na rede pública estadual. Mais 32 escolas espalhadas pelo Rio Grande do Sul passarão a oferecer atividades no turno inverso, totalizando 104 instituições que atenderão 24 mil alunos. 

Em Porto Alegre também estamos discutindo a proposta para a rede municipal, através do projeto de emenda à Lei Orgânica nº 06/2013, de minha autoria, que determina que as escolas municipais deverão prover meios para que, progressivamente, funcionem em turno integral, alinhadas às condições necessárias ao desenvolvimento do processo educacional. 

Neste ano, finalmente, o projeto já está sendo discutido pelo plenário do Legislativo Municipal. Na última segunda-feira, tramitou na primeira sessão de pauta, aproximando-se da ordem do dia.

Abaixo, matéria exibida ontem (clique na imagem para visualizar), no RBS Notícias, sobre o decreto assinado pelo Estado:




Nenhum comentário:

Postar um comentário