segunda-feira, 22 de agosto de 2016

#Janta77011 Agendas final de semana 20.08

O adesivaço #Janta77011 que aconteceu no sábado (dia 20) foi um sucesso, mesmo com a chuva que começou ainda de madrugada e se estendeu ao longo do dia. Contamos com a participação de diversos apoiadores.  

No mesmo dia também estive na comunidade Terra Nossa, no bairro Passo das Pedras, onde fomos recebidos pela Tia Tê e pelos moradores para conhecer as casas e ruas do local onde diversas famílias vivem. Além da caminhada fizemos uma prestação de contas do mandato e os projetos que avançamos na Câmara, como os Postos de Saúde 24h e horário estendido das creches municipais. A liderança comunitária Silvia Melo também nos recebeu em sua casa para conversar com algumas lideranças do bairro Sarandi. 





Já no domingo nosso dia começou com uma caminhada no Campo da Tuca, comunidade pela qual temos muito carinho e sempre somos muito bem recebidos. 

Da zona leste à zona norte. Depois do Campo da Tuca seguimos para a Feira Modelo no bairro Santa Rosa e no final da manhã fomos até o Brique da Redenção onde a galera estava mobilizada no Expedicionário. 

Seguindo para a Zona Sul, fomos prestigiar a grande confraternização no Centro Africanista Cavaleiros de Ogum, na Vila Nova onde fomos recebidos pela Mãe Flávia de Ogum e amigo Marcelo da Lira. 

No finalzinho da tarde o amigo Dirnei Messias abriu as portas da sua casa para nos receber. Aproveitamos o convite para conversar sobre o nosso trabalho na câmara, destacando a aprovação de projetos como os Postos de Saúde 24 horas e a Escola de Tempo Integral.



Encerrando o nosso domingo, nos reunimos na casa da Mãe Márcia de Ogum que abriu as portas para conversamos com a comunidade da Vila Jardim Bento Gonçalves e ocupação Reserva Bento Gonçalves, comunidades que enfrentam o descaso do poder público, sem pavimentação, saneamento, transporte público e condições seguras para as pessoas poderem sair das suas casas para o trabalho. Essa infelizmente ainda é a realidade de muitas famílias da capital, motivo pelo qual queremos continuar o nosso trabalho pra representar essas pessoas. Já fizemos muito, mas sabemos que as demandas são grandes e queremos seguir batalhando por causas dignais como essa.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário