quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Na Tribuna: por um serviço que funcione para a população

Discutimos hoje, na tribuna, a situação da Carris e o que realmente interessa: a eficiência do serviço. Nosso prefeito eleito já sinalizou que, se continuar dando prejuízo, a prefeitura talvez não tenha alternativa que não a privatização. 

Sabemos que a Carris, hoje, opera um serviço diferenciado, através das linhas transversais, mas se for necessário, isso pode ser readequado. O que não pode continuar acontecendo é que recursos continuem sendo drenados da Saúde para o transporte, que também é importante, mas que tem sido mal gerido. 

A Carris compra centenas de equipamentos que não têm relação com sua atividade fim, compra carros em outras cidades, como se não houvesse revendas em Porto Alegre. Adesiva os ônibus a um custo, no mínimo, 10 vezes maior que o preço de mercado. A Carris, como qualquer outra empresa pública, tem que ser administrada com seriedade. 

A população quer que a empresa funcione para atender ao cidadão, as urnas deram esse recado, demonstrando a insatisfação com a política e até mesmo com a administração pública. Que o Legislativo preze, acima de quaisquer posições, pela qualidade do serviço, uso devido dos recursos públicos e bom atendimento à população.


Nenhum comentário:

Postar um comentário