quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Na tribuna: Parcelamento do décimo terceiro é inconstitucional

Com a presença de servidores municipais que acompanham a sessão desta tarde, o plenário da Câmara Municipal de Porto Alegre segue discutindo a tentativa da Prefeitura de parcelar o 13º dos municipários - algo que não deveria ser nem cogitado, por ser inconstitucional. Reforçamos na tribuna o nosso compromisso com os trabalhadores e o repúdio ao projeto, que além de desrespeitar um direito dos trabalhadores, transfere a responsabilidade para outro governo. 

Se era iminente a falta de dinheiro para pagar a folha, por que a Prefeitura de Porto Alegre não assumiu a responsabilidade, propondo a redução de secretarias ou de CCs? Por que não fez como os trabalhadores, que no momento de crise são obrigados a economizar, cortar gastos e manter a casa funcionando com o essencial? 

Os servidores são essenciais ao funcionamento dos serviços públicos, na saúde, na educação e em todos setores que são realmente sentidos no dia a dia da população. Devem ser tratados como prioridade e é isso que vamos exigir na tribuna, na CCJ e em todos os espaços necessários para um desfecho digno e justo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário