terça-feira, 29 de maio de 2018

Pacote de Maldades: suspensão do regime de urgência

Foi acatado pela CCJ, em reunião na manhã desta terça, o pedido de recurso com efeito suspensivo da tramitação de urgência do pacote de projetos do Executivo, que tenta empurrar goela abaixo, para que a Câmara vote em 45 dias. 

Que a Prefeitura não gosta de dialogar, já estamos carecas de saber, mas além da complexidade das propostas que estão em jogo, existem regras. O regimento da Câmara não admite tramitação acelerada para projetos de emenda à Lei Orgânica e não vamos tolerar patrola nenhuma!


Nenhum comentário:

Postar um comentário