segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Semana do Aleitamento Materno

Estamos chegando ao final da Semana do Aleitamento Materno (1 a 7 de agosto), que para mim, como pai de uma criança que completa o primeiro aninho neste mês, enfrentando as dificuldades impostas pela alergia alimentar, tornou-se muito simbólica e importante. 

O diagnóstico veio depois de muito choro, cólicas, dor. Era o desespero da mãe e sensação de impotência do pai, sem entendermos o que estava acontecendo. 

 O leite materno já era o nosso principal aliado, mas diante das restrições alimentares, tornou-se um desafio, uma prova de amor e superação. Para amamentar, minha esposa precisa estar submetida a uma dieta especial, livre dos alimentos que possam fazer mal à nossa filha - tarefa nada fácil, que tem feito dela nossa heroína! 

Mas mesmo hoje, com todo o acesso a informações e campanhas como "Põe no Rótulo", ainda é difícil precisar a composição de tudo que nós comemos. Neste caso, além de uma falha de controle, é um risco à saúde! 

Nossa Linda tem vencido essa batalha conosco a cada dia, mas é crescente o número de crianças, diagnosticadas ou não, que enfrentam este desafio junto com seus pais. Nossa mensagem é para que não desistam da amamentação, por mais difícil que possa ser. O aleitamento materno é fundamental para a nutrição e o desenvolvimento dos pequenos. É um ato de amor! 🍼👶💞





Nenhum comentário:

Postar um comentário